"Na Cabeceira" e parceria!

E aí? Tudo bem? Sei que sumimos do blog mas não foi por preguiça ou sem motivos. Estou no último trimestre e tenho que me virar para passar em matemática (quem nunca?) e terminar de ler o livro do Júlio, Os Pilares da Maldição. Desde a bienal pra cá, nesse tempo corrido, consegui ler 4 livros mas ainda não escrevi resenha de nenhum. Prometo que semana que vem escrevo no mínimo duas. Minhas opções são: Extraordinário, Gata Branca e As Vantagens de Ser Invisível. Eu li mais um, O Cortiço, mas sinceramente não gostei então nem tenho vontade de fazer uma resenha. 
Hoje vim anunciar uma parceria com o blog Amor em Ler
Vou deixar aqui um post de lá, um pouco antigo mas que eu gostei bastante.

"Essa foi uma semana muito "jovem". Li três livros: um sobre problemas familiares narrado por um garoto de 9/10 anos, outro sobre viagem no tempo com crianças de 11 anos e até um sobre a vida de um garoto de 16 anos dos anos 90. Foram três livros que li rapidamente e que me encantaram de diversas formas. Foram eles:





Minha irmã mora numa Prateleira - Annabel Pitcher

"Jamie Matthews tem 10 anos de idade e uma família desintegrada por uma tragédia: aos cinco, sua irmã gêmea foi morta num ataque terrorista em Londres. De lá pra cá, sua mãe saiu de casa, seu pai bebe cada vez mais, sua irmã mais velha se transformou numa típica adolescente rebelde. Em meio ao luto e ao clima de ódio e ressentimento que Jamie sequer entende muito bem, ele encontra numa amiga de origem islâmica a companhia e o afeto de que precisa. Livro de estreia de Annabel Pitcher, Minha irmã mora numa prateleira recebeu resenhas elogiosas de publicações de prestígio na Grã-Bretanha como o Guardian e o Telegraph."






Dividir e Conquistar - Carrie Ryan

"Depois de garantirem que Colombo descobrisse a América e que a Revolução Francesa fosse um sucesso, Dak, Riq e Sera viajam com o Anel do Infinito para tentar corrigir mais uma falha histórica e salvar a humanidade. O cenário agora é a Paris medieval, e centenas de navios tripulados por guerreiros vikings estão cercando a região, prontos para exigir que a população se renda. Sem saber ao certo que caminho tomar, os três jovens acabam causando uma guerra entre os parisienses e os nórdicos invasores, e se preparam para defender a cidade. Mas a situação se complica quando Dak é capturado e forçado a lutar junto ao exército adversário. Em meio a chuvas de flechas, jatos de óleo quente e ataques de catapultas, os três viajantes só conseguirão sair vivos - e continuar sua missão de restituir a ordem do mundo - se encontrarem um aliado entre os soldados inimigos mais ferozes da história." 


As Vantagens de ser Invisível - Stephen Chbosky

"Ao mesmo tempo engraçado e atordoante, o livro reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe - a não ser pelo que ele conta ao amigo nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela.
As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir "infinito" ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário.
Íntimas, hilariantes, às vezes devastadoras, as cartas mostram um jovem em confronto com a sua própria história presente e futura, ora como um personagem invisível à espreita por trás das cortinas, ora como o protagonista que tem que assumir seu papel no palco da vida. Um jovem que não se sabe quem é ou onde mora. Mas que poderia ser qualquer um, em qualquer lugar do mundo."


Enfim, são leituras que recomendo para quem gosta dos temas. Desejo uma ótima semana a todos!"


Gostou? Só entrar no blog.
Beijos,
Bruna